SEO

6 dicas de SEO para e-commerce

O artigo de hoje é rápido! Vamos dar algumas dicas de SEO para e-commerce rápidas, diretas e importantes.

1.Dê treinamento à equipe de Cadastro de Produto

A maior parte do conteúdo dos e-commerces está na página de produto.

Por isso, na medida do possível envolva essa pessoa ou time no processo de SEO, para que ela trabalhe no mínimo seguindo as melhores práticas de SEO.

2. Acompanhe o Trends para sua marca e dos concorrentes, assim como principais categorias do segmento

Google Trends é uma das melhores e mais baratas maneiras para entender como está a demanda do varejo, tanto pela marca quanto pelos produtos e categorias comercializadora.

Ajuda na tomada de decisão do negócio e alinha estrategicamente com o SEO.

3.Priorize as implementações e melhorias junto ao TI ou parceiro de implementação

Esta é mais do que uma dica. É um pedido de todos os profissionais de SEO do Brasil e do mundo!

Brincadeiras à parte, converse sempre com o parceiro de tecnologia para alinhar implementações (com priorização correta), melhorar indexação e gerar melhor  experiência para o usuário.

4. Invista em Link Building Qualificado

Link Building é um dos grandes desafios em qualquer projeto de SEO, simplesmente porque links não são fáceis de conquistar.

Evite qualquer estratégia que possa gerar punição ou ser ineficiente (como cadastro em diretórios, widgets, infográficos, distribuição de Press Releases) e foque em esforços de link Building seguindo princípio de assessoria de imprensa.

5. Não pense no curto prazo, mas invista em um SEO duradouro

Muita gente acaba comparando o SEO aos links patrocinados, principalmente pela expectativa de resultados de curto prazo.

É muito importante dizer que o SEO não possui resultados de curto prazo. Mas isso não quer dizer que o SEO não deva avançar constantemente.

Trabalhamos aqui na Conversion com o princípio de Quick Wins, ou seja, buscamos sempre os low hanging fruits e otimizamos o que há maior probabilidade de trazer maiores resultados no menor prazo.

Portanto, foque sempre no longo prazo e acompanhe os micro-resultados no curto prazo.

6. Não faça só Performance, faça Performance Criativa

Mesmo não sendo idêntico à mídia paga, o SEO deve ser tratado como uma mídia de performance. Ou seja, uma mídia focada em resultados e orientada por dados.

Porém, o SEO pode ser muito mais do que apenas métricas. O SEO deve ser Criativo, que é como a busca orgânica se insere no conceito da Performance Criativa.

Performance Criativa é a união de dois conceitos: performance (marketing orientado a resultados) e criatividade, que posiciona, diferencia e cria valor de marca.

Dentro do e-commerce, onde as margens são cada vez mais apertadas, é fundamental criar valor de marca e melhorar a percepção de marca do consumidor.

Sucesso com o SEO de seu e-commerce!